Gonorreia

Doença infecto-contagiosa que se caracteriza pela presença de abundante secreção purulenta (corrimento) pela uretra no homem e vagina e/ou uretra na mulher.

Este quadro frequentemente é precedido por prurido (coceira) na uretra e ardência ao urinar. Em alguns casos podem ocorrer sintomas gerais, como a febre. Nas mulheres os sintomas são mais brandos ou podem estar ausentes (maioria dos casos).

Sinônimos

Uretrite Gonocócica, Blenorragia, Fogagem

Agente

Neisseria gonorrhoeae

Complicações/Consequências

Aborto espontâneo, parto de bebê morto, parto prematuro, baixo peso, endometrite pós-parto. Doenças Inflamatórias em geral.

Transmissão

Relação sexual. O risco de transmissão é superior a 90%, isto é, ao se ter um relacionamento sexual com um(a) parceiro(a) doente, o risco de contaminar-se é de cerca de 90%. O fato de não haver sintomas (caso da maioria das mulheres contaminadas), não afeta a transmissibilidade da doença.

Período de Incubação

2 a 10 dias

Tratamento

O tratamento é feito por antibióticos, mas só o médico pode orientar. Remédios caseiros não adianta. Vergonha de ir ao médico é bobagem: só piora as coisas.

Como os sintomas não são, em geral, claros nas mulheres, é importante consultar o ginecologista, pelo menos uma vez por ano. O parceiro de uma pessoa que está com gonorreia, ou qualquer outra doença sexualmente transmissível, também deve procurar um médico para verificar, se contraiu a doença e fazer o tratamento adequado.

Prevenção

Camisinha. Higiene pós-coito.

Próximo conteúdo: Célula
Como referenciar: "Gonorreia" em Só Biologia. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2019. Consultado em 22/10/2019 às 19:14. Disponível na Internet em https://www.sobiologia.com.br/conteudos/Anticoncepcionais_doencas/doencas_sexualmente2.php