Universo
 Sistema Solar
 Ar
 Água
 Solo
 Ecologia
 Seres Vivos
 Reino dos Animais
 Reino das Plantas
 Corpo Humano
 Mais Conteúdos [+]

 Seres Vivos
 Os Vírus
 Reino Monera
 Reino Protista
 Reino Fungi
 Reino Plantae
 Genética
 Citologia
 Biotecnologia
 Mais Conteúdos [+]

 Exercícios Resolvidos
 Provas de Vestibular
 Simulados On-line

 Laifis de Biologia
 Área dos Professores
 Fórum de Discussão
 Glossário Biológico

 Jogos de Ciências
 Biokids
 Macetes

 Jornal Só Biologia
 Notícias
 Curiosidades
 Dicas de Etiqueta
 Grandes Cientistas
 Indicação de Livros
 Fale Conosco

 
Busca Geral

 

 

Comparando densidades

 

O que tem a densidade a ver com a a flutuação?

Para tentar responder a essa pergunta, vamos calcular a densidade da água. Antes disso, precisamos determinar experimentalmente o volume e a massa de uma ou mais amostras desse líquido.

Exemplos de resultados dessas determinações são:

  • 1 cm3 de água tem massa 1 g;
  • 2 cm3 de água têm massa 2 g;
  • 100 cm3 de água têm massa 100 g;
  • 1.000 cm3 de água têm massa 1.000 g.

Com esses dados chegamos a:

 

 

Assim, comparando os valores de densidades:

 

dágua = 1 g/cm3 , dcortiça = 0,32g/cm3 , dchumbo = 11,3 g/cm3

 

 

Concluímos que:  dcortiça < dágua< dchumbo

 

Densidade e flutuação

 

O resultado a que chegamos (dcortiça < dágua < dchumbo) sugere que a cortiça flutua na água, pois é menos densa que esta; e que o chumbo afunda. pois é mais denso que esse líquido. De fato, muitas evidências experimentais permitiram aos cientistas concluírem que essa afirmação é verdadeira.

A combinação entre as densidades permite prever se um corpo irá afundar ou flutuar em certo líquido. Imagine por exemplo, que uma bolinha de gude (d = 2,7 g /cm3) e um pedaço de isopor (d = 0,03 g/cm3) sejam colocados num frasco com azeite de oliva (d= 0,92g/cm3). O que podemos prever?

O pedaço de isopor, menos denso que o azeite, irá flutuar nele. E a bolinha de gude, mais densa que ele, irá afundar.

 

Alguns fatores que afetam a densidade

A densidade depende, em primeiro lugar, do material em questão e, em segundo lugar, da temperatura deste material. Um aquecimento, por exemplo, provoca a dilatação do material (aumento de volume), o que interfere no valor da densidade.

No caso dos gases, cujo volume é muito sensível à variação de pressão, a densidade, além de depender da temperatura, depende também da pressão. Portanto, se houver mudanças de estado físico de uma subtância, ocorrerão também mudanças na densidade desta substância. O fato de a água líquida, por exemplo, possuir uma densidade de 1 g/cm3, e a água sólida (gelo), de 0,92 g/cm3, permite-nos entender por que o gelo flutua na água.

 

 

 

 

Curta nossa página nas redes sociais!

Só Biologia finaliza seu próximo DVD. [+]

Mais produtos

 

Sobre Nós | Política de Privacidade | Contrato do Usuário | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2008-2014 Só Biologia. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Grupo Virtuous.