Universo
 Sistema Solar
 Ar
 Água
 Solo
 Ecologia
 Seres Vivos
 Reino dos Animais
 Reino das Plantas
 Corpo Humano
 Mais Conteúdos [+]

 Seres Vivos
 Os Vírus
 Reino Monera
 Reino Protista
 Reino Fungi
 Reino Plantae
 Genética
 Citologia
 Biotecnologia
 Mais Conteúdos [+]

 Exercícios Resolvidos
 Provas de Vestibular
 Simulados On-line

 Laifis de Biologia
 Área dos Professores
 Fórum de Discussão
 Glossário Biológico

 Jogos de Ciências
 Biokids
 Macetes

 Jornal Só Biologia
 Notícias
 Curiosidades
 Dicas de Etiqueta
 Grandes Cientistas
 Indicação de Livros
 Fale Conosco

 
Busca Geral

 

 

“Bombados”: vale a pena?

 

 

O que são os anabolizantes?


Bombas são hormônios.
Produzidos a partir de extratos animais, elas são hormônios sintéticos similares à testosterona, o principal hormônio masculino, que têm propriedades anabólicas e androgênicas.

 

O que eles fazem no organismo?


Quando caem na circulação sanguínea e penetram na célula, os anabolizantes começam a atuar, unindo-se a um receptor androgênico, migra para o núcleo e estimula a síntese de proteínas.
Com isso tudo, há mudanças anabólicas - aumento da massa muscular e retenção de nitrogênio – e androgênicas - agravamento da voz, crescimento de pêlos e aumento da agressividade.

 

O que é menos pior: comprimido ou injeção?


É claro que os dois são perigosos. Mas ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, injeções de anabolizante são menos prejudiciais que os hormônios tomados em comprimidos, via oral.

Ao se injetar uma determinada dosagem de “bomba”, por exemplo 20mg, a substância pode ser liberada lentamente durante até uma semana no organismo, o que significa uma quantidade diária menor. Já os comprimidos liberam os mesmos 20mg de uma vez só, o que faz com que o corpo tenha que metabolizar uma quantidade muito maior de hormônios.

 

 

 

Quais as possíveis conseqüências?

-Esterilidade: o uso de bombas diminui e até extermina a produção de espermatozóides, deixando o sêmen pouco fértil ou infértil.
-Acne: os anabolizantes aumentam a taxa de cravos e espinhas na pele
-Calvície: as bombas podem acelerar a queda de cabelos
-Masculinização: as propriedades androgênicas levam a um agravamento da voz, crescimento de pêlos e até ao atrofiamento do clitóris, nas mulheres.
-Lesões nos ligamentos: devido ao aumento da força muscular, as estruturas que fixam os músculos ao ossos muitas vezes não acompanham esse crescimento e podem sofrer rupturas.
-Diminuição do colesterol “bom”: os anabolizantes podem diminuir a taxa de HDL, uma lipoproteína que ajuda a “limpar” as gorduras dos vasos sanguíneos.

 

 

Curta nossa página nas redes sociais!

Só Biologia finaliza seu próximo DVD. [+]

Mais produtos

 

Sobre Nós | Política de Privacidade | Contrato do Usuário | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2008-2014 Só Biologia. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Grupo Virtuous.