Você está em Informações > Notícias

Ativistas resgatam cachorros após denúncia em SP

Manifestantes invadiram instituto para resgatar mais de 150 beagles que sofriam maus tratos.

Um grupo de ativistas em prol à defesa dos animais arrombou e invadiu o Instituto Royal, em São Roque, a 59 km de São Paulo, na madrugada desta sexta-feira (18). O intuito da ação era liberar cerca de 150 cães da raça Beagle usados em testes de medicamentos.

De acordo com os ativistas, o instituto promovia maus tratos já que os cachorros eram utilizados para pesquisas e testes de produtos cosméticos e farmacêuticos. Além disso, foi feita uma denúncia anônima que alertava que os cães estariam sendo sacrificados desde a última quinta-feira (17) por meio de métodos cruéis e os corpos estariam sendo ocultados no porão do local.

É possível observar como os animais estão assustados quando os ativistas tentam contato. Além disso, ratos e coelhos também eram utilizados como cobaias.

O resgate foi iniciado dia 18 por volta da 1h30 por manifestantes que há vários dias acampanhavam o caso e estavam na frente do prédio - alguns ativistas chegaram a se acorrentar no portão do instituto. A Polícia Militar impediu que o grupo deixasse o local, mas muitos dos ativistas já haviam resgatados os cães.

A direção do Instituto Royal revelou que suas atividades estão dentro das normas e exigências determinadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Embora vários ativistas já tenham promovido denúncias contra o instituto nas redes sociais.

(Fonte: http://www.linkanimal.com.br/cachorros/resgate-cachorros-sao-roque)

Como referenciar: "Ativistas resgatam cachorros após denúncia em SP" em Só Biologia. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2018. Consultado em 20/02/2018 às 22:11. Disponível na Internet em https://www.sobiologia.com.br/conteudos/noticias/noticia6.php