Você está em Entretenimento > Curiosidades

Mosquinhas do banheiro: como acabar com elas

Elas são inofensivas, não mordem, não picam, mas incomodam! E não adianta fechar as suas janelas, pois elas não entram por aí.

As mosquinhas de banheiro (também conhecidas como mosca dos filtros ou moscas dos ralos) vivem em ralos, esgotos, fossas e solo contaminado com esgoto. Elas se alimentam de toda matéria orgânica que fica acumulada nesses pontos.

Assim, elas costumam aparecem com mais frequência nos banheiros e na cozinha de casa. Isso significa que elas entram pela pia da cozinha ou pelo ralo do box do banheiro, por exemplo.

Embora não façam mal, ninguém quer ver a sua casa cheia de moscas. A boa notícia é que eliminá-las é bastante simples.


As mosquinhas do banheiro causam incômodo

Identificando de onde as moscas vêm

Nossa sorte é que esses insetos não ficam longe do lugar que escolheram para se alojar, pois ao se afastarem do seu esconderijo ficam mais vulneráveis. Use então as próprias moscas como referência, ou seja, um local com grande concentração de moscas tende a ser o mais problemático.

Verifique todos os ralos da sua casa e veja quais deles possui água parada. Uma das primeiras atitudes que podem ser tomadas para o combate desses insetos é passar um secador de cabelos em todos os ralos antes de dormir, pois o vento e o calor reduzem a umidade dos ralos, dificultando a proliferação das moscas.

Outro modo de detectar o problema é passar uma fita adesiva sobre uma parte do ralo, com a parte adesiva voltada para baixo. Cuide para não tampar toda a superfície do ralo com a fita, pois isso é apenas um teste, precisamos que algumas moscas ainda possam voar para cima, para nossa referência. Observe por alguns dias e, caso algumas moscas fiquem presas ao adesivo, o local é problemático e exige maiores cuidados.

Como eliminar as mosquinhas

Logicamente, a prevenção ainda é a melhor medida, ou seja, devemos manter o local sempre muito limpo. No entanto, se as mosquinhas já apareceram, é recomendável fazer uma limpeza mais pesada com água sanitária ou produto que contenha cloro em sua fórmula, principalmente nos locais onde o inseto possa se desenvolver, como ralos, frestas, canaletas de boxes e qualquer lugar onde haja acúmulo de umidade ou água.

Um local que pode se tornar um bom alojamento para essas moscas são os coletores de cabelo e filtros de ralos presentes nas tubulações. Retire a tampa do ralo e limpe completamente o local com uma escova metálica flexível ou arame, cuidando para não deixar matéria orgânica, evitando assim que as moscas possam botar seus ovos.

Se a matéria orgânica for de difícil remoção ou se o dreno não for usado regularmente, uma boa dica é jogar de 4 a 8 litros de água quente para umedecer o ralo, o que facilitará a limpeza.

Também é indicado manter os pisos, azulejos e vasos sanitários com rejuntes em dia.

Para garantir a eficácia da limpeza, recomenda-se:
- usar um cabo desentupidor dentro das tubulações do banheiro.
- despejar dentro do ralo pelo menos 100 ml de gel limpador de vasos sanitários, tanto no interior como nas bordas do dreno (também pode ser usado vinagre ou bicarbonato de sódio).
- após o produto de limpeza agir por várias horas, enxaguar com bastante água e finalizar usando um desentupidor tradicional para remover qualquer sujeira remanescente.

Depois de acabar com o foco do problema, que são os alojamentos das moscas, devemos eliminar as moscas já adultas. Para isso, pode ser usado um mata-moscas manual ou inseticidas em spray, que além de matar os insetos, ainda oferecem uma imunização do local por um certo período.

Como referenciar: "Mosquinhas do banheiro: como acabar com elas" em Só Biologia. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2019. Consultado em 24/06/2019 às 12:00. Disponível na Internet em https://www.sobiologia.com.br/conteudos/Curiosidades/moscas_banheiro.php