Você está em Entretenimento > Curiosidades

O uso de micro-ondas faz mal à saúde?

Presente em grande parte dos lares no mundo inteiro, a todo momento surgem discussões em torno do micro-ondas, principalmente em virtude das radiações emitidas.

Porém, se o micro-ondas pudesse realmente vazar alguma radiação, os níveis desta liberação seriam insignificantes e não ofereceriam perigo à saúde. É o que garante o Centro Americano para Aparelhos e Saúde Radiológica, uma unidade do Food and Drug Administration (FDA), órgão que regulamenta a segurança doméstica dos aparelhos de micro-ondas.


O uso de micro-ondas não oferece risco à saúde

A Organização Mundial da Saúde também afirma que, quando usado corretamente, não há nada com o que se preocupar em termos de radiação de um micro-ondas. Além disso, a radiação também não fica nos alimentos, pois o aquecimento acontece pelo movimento das partículas de água e não pela absorção dos raios e, por isso, qualquer tipo de alimento pode ser preparado no micro-ondas sem qualquer perigo para a saúde.

Recipientes adequados

Procure utilizar recipientes próprios para micro-ondas. Alguns deles contêm símbolos que indicam que são próprios para este fim.

Plásticos: alguns tipos de plástico não são projetados para micro-ondas, pois têm polímeros no seu interior para torná-los macios e flexíveis, podendo derreter e se soltar se a temperatura ultrapassar os 100° C. Os plásticos recomendados geralmente são mais duros e grossos. Importante: nunca coloque no seu forno micro-ondas embalagens plásticas de sorvete, margarina ou iogurte, pois elas podem derreter rapidamente.

Vidros: quase todos os vidros podem ser levados ao micro-ondas, mas dê preferência aos refratários e assadeiras apropriadas (aquelas que também são usadas no fogão). Os pratos e porcelanas também podem ser colocados no micro-ondas, desde que não tenham detalhes metálicos.

Existe perda de nutrientes?

Será que o aparelho de micro-ondas pode deixar nossa comida menos nutritiva? Estudos de diferentes formas de preparo (micro-ondas, fervura, pressão, grelhar, fritar, assar) já demonstraram que o eletrodoméstico apresenta uma das menores perdas de nutrientes, assim como algumas técnicas para grelhar e assar.

A OMS também aponta que os alimentos preparados no micro-ondas possuem o mesmo valor nutricional que os cozidos em forno convencional.

O que precisa ser observado é que, toda vez que você esquenta uma refeição, independente se você usou micro-ondas, forno a gás ou elétrico, certos componentes sensíveis ao calor vão se perder. Além disso, para algumas pessoas, o gosto e a consistência da comida normalmente ficam menos apetitosos no micro-ondas em comparação com o aquecimento no fogão. Assim, o uso do aparelho depende mais do gosto, do tempo e da refeição escolhida.

Outra dica é evitar levar ao micro-ondas os alimentos com dimensões muito grandes, pois podem não cozinhar por inteiro. O ideal é aquecer alimentos pequenos e finos.

Sobre tampar os alimentos

Tampar alimentos no aparelho apenas impede de sujar as paredes do micro-ondas. Neste caso, também prefira utensílios de vidro para tampá-los.

Como referenciar: "O uso de micro-ondas faz mal à saúde?" em Só Biologia. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2021. Consultado em 02/12/2021 às 07:36. Disponível na Internet em https://www.sobiologia.com.br/conteudos/Curiosidades/microondas.php