Você está em Entretenimento > Curiosidades

Jogar papel higiênico no vaso sanitário é correto?

Desde pequenos, somos ensinados a não jogar o papel o no vaso sanitário, devido ao risco de entupimento da rede de esgoto ou mesmo a inexistência da rede em alguns lugares do Brasil. Inclusive, você já deve ter visto em algum banheiro público uma placa com a frase "Não jogue papel no vaso".

Por isso, a maioria dos brasileiros joga papel higiênico usado no lixo, algo que é encarado com surpresa por turistas visitam o Brasil, visto que eles têm o costume de descartar o papel diretamente na privada. Por exemplo, nos Estados Unidos e na Europa, este hábito é comum e não causa nenhum problema nas redes de esgoto.

O fato é que, no Brasil, há diferenças estruturais na nossa rede de tratamento de esgoto e na qualidade do saneamento básico em relação a outros países.


No Brasil, nem sempre podemos descartar papel higiênico no vaso

Segundo a Sabesp, o descarte do papel higiênico no vaso só deve ser feito caso se tenha conhecimento a respeito da coleta de esgoto local. Ou seja, fatores como a qualidade do encanamento bem como a vazão de água também devem ser observados. Logo, apesar de parecer um hábito mais higiênico, a atitude de jogar papel higiênico diretamente no vaso pode gerar diversos impactos nos mais variados cenários.

Este cuidado deve ser tomado principalmente em redes domiciliares mais antigas e com traçado com muitas curvas. O problema de entupimento ainda pode ocorrer, por exemplo, em determinadas casas no litoral, onde os dejetos são direcionados para fossas sépticas, tanques enterrados no quintal com substâncias que digerem os sólidos. O papel higiênico pode entupir essas fossas, prejudicando todo o processo. Já nos prédios, devido a maior pressão da água e dos desníveis mais elevados, eles acabam não sofrendo com essas obstruções.

Outra questão importante é que, para dar descarga com o papel higiênico no vaso sanitário é preciso usar mais água potável, pois para passar pelo encanamento será preciso uma pressão maior e consequentemente um gasto também mais elevado.

Os papéis higiênicos hidrossolúveis ou biodegradáveis

A hidrossolubilidade de um papel é um tema um pouco polêmico, pois é uma característica peculiar na maior parte dos papéis higiênicos do mercado. Está relacionada com a capacidade do papel higiênico se desmanchar na água durante o processo de chegada na estação de tratamento de esgotos. Porém, nada garante que ao jogar os papéis hidrossolúveis no vaso eles não entupirão a sua rede interna de esgoto, ou seja, mesmo antes de chegarem na estação de tratamento.

Já o conceito de papel higiênico biodegradável é o de se degradar no meio ambiente após certo tempo, e isso todos os papéis higiênicos de um modo geral o são, pois são fabricados a partir da celulose. Sendo assim, as suas fibras são “quebradas” quando jogadas no sistema de esgoto e são retidas em fases do tratamento. Mas não vão desaparecer milagrosamente, irão permanecer dissolvidas na água.

Obs.: nunca descarte no vaso sanitário outros tipos de materiais, como absorventes, algodão, cabelo, cigarro, cotonetes, tubos de pasta, entre outros, pois eles são os principais responsáveis pelos entupimentos dos canos. Também nunca descarte outros tipos de papéis, como o papel-toalha, que tem uma resistência a umidade muito alta, logo não se dissolverá na água.

Como referenciar: "Jogar papel higiênico no vaso sanitário é correto?" em Só Biologia. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2022. Consultado em 24/05/2022 às 03:32. Disponível na Internet em https://www.sobiologia.com.br/conteudos/Curiosidades/jogarPapelVaso.php