Você está em Só Ciências > Corpo humano

“Bombados”: vale a pena?

O que são os anabolizantes?

Bombas são hormônios. Produzidos a partir de extratos animais, elas são hormônios sintéticos similares à testosterona, o principal hormônio masculino, que têm propriedades anabólicas e androgênicas.

O que eles fazem no organismo?

Quando caem na circulação sanguínea e penetram na célula, os anabolizantes começam a atuar, unindo-se a um receptor androgênico, migra para o núcleo e estimula a síntese de proteínas.

Com isso tudo, há mudanças anabólicas - aumento da massa muscular e retenção de nitrogênio – e androgênicas - agravamento da voz, crescimento de pêlos e aumento da agressividade.

O que é menos pior: comprimido ou injeção?

É claro que os dois são perigosos. Mas ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, injeções de anabolizante são menos prejudiciais que os hormônios tomados em comprimidos, via oral.

Ao se injetar uma determinada dosagem de “bomba”, por exemplo 20mg, a substância pode ser liberada lentamente durante até uma semana no organismo, o que significa uma quantidade diária menor. Já os comprimidos liberam os mesmos 20mg de uma vez só, o que faz com que o corpo tenha que metabolizar uma quantidade muito maior de hormônios.

Quais as possíveis consequências?

-Esterilidade: o uso de bombas diminui e até extermina a produção de espermatozoides, deixando o sêmen pouco fértil ou infértil.
-Acne: os anabolizantes aumentam a taxa de cravos e espinhas na pele
-Calvície: as bombas podem acelerar a queda de cabelos
-Masculinização: as propriedades androgênicas levam a um agravamento da voz, crescimento de pêlos e até ao atrofiamento do clitóris, nas mulheres.
-Lesões nos ligamentos: devido ao aumento da força muscular, as estruturas que fixam os músculos ao ossos muitas vezes não acompanham esse crescimento e podem sofrer rupturas.
-Diminuição do colesterol “bom”: os anabolizantes podem diminuir a taxa de HDL, uma lipoproteína que ajuda a “limpar” as gorduras dos vasos sanguíneos.

Como referenciar: "Anabolizantes" em Só Biologia. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2018. Consultado em 25/02/2018 às 08:16. Disponível na Internet em https://www.sobiologia.com.br/conteudos/Corpo/anabolizantes.php